1

Manifestação

Ele dela, ela dele. E só aí já se explicava parte da história.

Uma manifestação de afinidades, quando de longe pensamos parecido a respeito de qualquer fato. O mesmo angulo de visão, a mesma interprete. Um conforto ao saber que até mesmo nas mais retardadas das coisas, pensamos exatamente igual.

A torcida pelo final de semana, por acordar de manha do seu lado. Por saber que seu braço, tem o encaixe perfeito para o meu pescoço.

Ele me beija a boca, e o corpo inteiro pede… Ela dele, ele dela e  mais um dia dos namorados, dentro do infinito clichê. Desses clichês que deixam a gente até meio patético diante do resto do mundo. E tão feliz.

Aquela canção, que já embalou alguns textos: Bubbly – Colbie Caillat.